... o local onde grito sem medo, nem censuras...

20
Jan 13

Não consigo olhar para a minha barriga aos saltos dos pontapés deles sem sorrir e chorar ao mesmo tempo!

É um momento tão nosso, tão doce, tão maravilhoso...

E comunicamos, os três num namoro tão meu...

 

Normalmente ao som da música que caminhei até ao N. no altar!

E fico assim, enternecida, a olhar para a minha barriga, a dar-lhe palmadas e a pedir mais um chuto.

E sorrio e choro ao mesmo tempo...

E só tenho a agradecer a sorte que tenho! 

publicado por Ovelha Negra às 09:29

Janeiro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11

13
14
17
19

23
24
25
26

27
28


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO