... o local onde grito sem medo, nem censuras...

11
Mai 13

Confesso que sempre tive receio de abordar certos assuntos. Que ficasse ofendida, que eu me explicasse mal.

Confesso que sempre tive medo na verdade que isto acontecesse.

 

Pelo vistos não fui clara, em nada. 

Pelos vistos tudo cai por terra em menos de nada.

 

Acho (provavelmente erradamente) que tentei esclarecer. Tentei resolver. Tentei a que voltasse a ser o mesmo.

 

Como ouvi, se calhar mudámos, se calhar já não dá.

 

Pois não mudei. A minha visão da vida, da amizade continua a ser exactamente a mesma! A mesma que foi sempre, que se manteve nos últimos meses, que se manterá para a vida.

Se calhar está errada.

 

Eu tentei. Eu considero que tentei.

 

No meio disto, só tenho pena da falta de esclarecimentos. Da conversa tardia (e que não surgiu na mesma). Da confusão. Da má interpretação. Do pôr em causa!

E também pela traição. Pela unilateralidade (sim, afinal os pedidos de ajuda e compreensão são só para um lado).

 

E assim me levam a mim a pôr em causa.

 

Estarei aqui, como sempre, mas não insistirei em quem não me quer. Afinal gosto o suficiente das pessoas para as "obrigar" ao que quer que seja.

 

E como disse já mais que uma vez, um beijo grande e um abraço apertado.

publicado por Ovelha Negra às 21:09

Maio 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9

12
14
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO