... o local onde grito sem medo, nem censuras...

13
Jul 09

Meus caros amigos padeiros/as!

 

Só agora me sentei, e reflecti sobre o términus deste CIP. Também eu entrei contrariada, a pedido (imposição) do meu agrupamento, juntei-me a vocês, naquilo a que o movimento diz essencial para se ser dirigente do CNE (e depois vemos com cada um de lenço verde..., bem, adiante).

Como bem devem ter reparado, não me despedi de ninguém, não houve cá abraços, nem a gente um dia deste se encontra..., não, nada disso. Isso são despedidas de quem não se volta a ver! Impossivel! Continuo a reforçar que fomos de longe a melhor patrulha, que começo a desconfiar que fomos escolhidos a dedo, cada um de nós fazia sentido na Brites, e foi notória a dor de cotovelo de alguns. Pois é, é assim que estas coisas têm sabor, é calhar em sítios que mexem connosco, pessoas que nos ficam para sempre, recordações que nos fazem rir e melhor que isso sorrir!

Sinto que fiz o que tinha que fazer, e sinto, que daqui para a frente cada um de nós vai ser recordado de uma forma muito especial!

Por ser assim, não há cá despedidas para ninguém! Agora vou deixar as férias passar, mas preparem-se, porque regresso em força a exigir o reencontro lá para Setembro! Aproveitem estes meses sem mim, porque eu não vos largo da mão!

Sem qualquer dúvida, que grandes dirigentes que iremos ser!

 

Beijos muitos grandes a todos!

 

V.

publicado por Ovelha Negra às 10:46

Julho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
14
15
16
17
18

19
20
21
23
24
25

26
27
28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO