... o local onde grito sem medo, nem censuras...

10
Dez 12

"O bebé pesa cerca de 250 gramas e mede 15 centímetros da cabeça ao rabinho – mais ou menos o comprimento de uma pequena courgette. Os braços e as pernas são agora proporcionais entre si e relativamente ao resto do corpo. Os rins continuam a produzir urina e o cabelo na cabeça começa a despontar. Se for uma rapariga, os ovários têm já a quantidade estonteante de seis milhões de óvulos.

Esta é uma altura crucial para o desenvolvimento dos sentidos: o cérebro do bebé está a definir áreas especializadas para o cheiro, o paladar, a audição, a visão e o tacto. Poderá pensar que o útero é um local sossegado, mas não podia estar mais enganada: o bebé já poderá conseguir ouvir tudo o que se passa. 

E o que ouve ele? Os principais sons que o rodeiam são os do sangue a correr pelos vasos sanguíneos, ruídos digestivos do estômago e a sua voz. Algumas mulheres gostam de conversar com os bebés mas, mesmo que não o faça, o bebé consegue ouvi-la quando fala com outras pessoas. Pesquisas demonstram que o bebé está a aprender a distinguir a sua voz das outras e que, em breve, esta será a sua preferida. Estudos demonstraram que, quando uma grávida fala, a frequência cardíaca do bebé diminui, o que indica que está mais descontraído. Envolva também o pai neste processo – incentive-o a falar com o bebé."

 

E isto tudo a dobrar! É mágico! Estamos quase quase a meio!

publicado por Ovelha Negra às 20:17

Dezembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
12
13
15

16
17
19
20
21
22

23
24
25
29



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO