... o local onde grito sem medo, nem censuras...

05
Fev 13

E assim nos aproximamos da recta final. Assim nos aproximamos a largos passos do último trimestre- o 3º trimestre.

 

Eles estão bem, mexidos e às vezes o filho mal educado magoa-me porque deve achar que se pode esticar até fora do meu útero! 

A barriga salta com tanto movimento e eu simplesmente delicio-me!

 

Acho que continuam os dois de cabeça para baixo, mas para a semana já se confirma! E se estiverem... cá me cheira que já não virarão!

 

E o que se dizer sobre a semana 27:

 

"O seu corpo está a preparar-se para a recta final, pelo que poderá começar a sentir alguns sintomas novos, como as dores de costas(isto não é de todo para a gravidez gemelar! As dores nas costas já habitam há muito! Agora até deram algumas tréguas.). Cerca de metade de todas as mulheres sofre de algum tipo de dor de costas durante a gravidez. O fundo das costas é a zona de dor mais comum, mas ainda mais mulheres grávidas se queixam de dores pélvicas posteriores – uma dor sentida no interior das nádegas, num ou nos dois lados, por vezes acompanhada de dor na parte de trás das coxas. A dor pode ser desencadeada por actividades como caminhar, subir escadas, entrar e sair de um carro, torcer o corpo e levantar pesos. Posições que dobrem as ancas – como sentar numa cadeira e inclinar-se para a frente – podem agravar ainda mais as dores pélvicas posteriores.

É também possível que comece ocasionalmente a sentir os músculos das pernas contraídos. As pernas suportam peso adicional e o útero obriga a circulação e os nervos que ligam o tronco e as pernas a trabalho extraordinário. Infelizmente estas contracções musculares irão provavelmente agravar-se com o avanço da gravidez. As cãibras nas pernas são mais comuns à noite mas também podem ocorrer durante o dia. Para obter algum alívio, distenda o músculo da barriga da perna (apontando os dedos do pé para a frente e flectindo-os em direcção à canela). Por vezes, caminhar durante alguns minutos ou massajar a barriga da perna também pode ajudar."

 

Os bebés já abrem e fecham os olhos, dormem e acordam em intervalos regulares e podem chuchar no dedo. Embora ainda estejam imaturos, os pulmões são capazes de funcionar com ajuda médica, se por acaso nascerem antes de tempo. 

É possível que se sintam uns pulinhos ritmados dentro do corpo. São os soluços deles! E sente-se tão bem! A partir de agora sentir-se-ão cada vez melhor!



O corpo muda rápido agora: o útero já está lá em cima, perto das costelas. 

Se se sentir muito cansada, talvez o médico sugira um novo exame de sangue para ver se a grávida está com anemia, uma deficiência nos glóbulos vermelhos. Muitas grávidas acabam por sofrer um pouco de anemia devido às mudanças normais no corpo. 

Se a grávida tiver sangue factor Rh negativo, e o exame de sangue prévio deu negativo para anticorpos anti-Rh, é provável que seja necessário novo exame nesta altura.


Muitas vezes os desejos acontecem como uma espécie de sinal do organismo sobre alguma carência alimentar. 

Se tem desejos de comer carne, por exemplo, pode ser uma indicação de que está necessitando de mais ferro ou proteína na alimentação. Da mesma forma, vontade de comer gelado ou queijo pode ser sinal de carência de gordura ou cálcio. 

Claro que isso se aplica a alimentos e não terra, tabaco ou pintura seca, sintomas de um transtorno alimentar que afeta mulheres grávidas conhecido como pica. Neste caso, converse com seu médico. 




publicado por Ovelha Negra às 18:39

Fevereiro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
14
16

17
18
21
22

25
26
27
28


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO