... o local onde grito sem medo, nem censuras...

11
Fev 10

Esta necessidade de chorar está a dar cabo de mim... as lágrimas persistem no olhos, e a luta para que não desçam est´a vencer-me...

Este mês tem sido um mês complicado. E confere que ainda nem a meio do mesmo chegámos. Mas eu sabia que ia ser assim. Decidi fazer uma aposta na área, formar-me para poder garantir o meu posto de trabalho aqui ou em qualquer outro lado. Isso obrigou-me a gastos. Gastos que não são por vezes totalmente controláveis. Mas tinham que ser feitos. Preferia correr o risco de ficar a zeros, mas encher o meu curriculo. Tinha que ser. Mas nesta altura constatei que não tenho dinheiro para pagar a casa. Sim, e a título de desespero pedi à pessoa com quem a partilho. Depressa me arrependi. escrevi uma mensagem envolta em lágrimas. Que assim que deu enviada me arrependi de a ter escrito. a resposta não se fez tardar. Se precisares diz.... Sim preciso, preciso mesmo e preciso muito. Foi nessa altura que me deixei lavar em lágrimas, e que percebi que não somos um casal, Pelo menos como eu nos vía. É verdade que as coisas foram levadas com calma. A medo, com segurança caso corressem mal. Mas há um ano que vivemos juntos e que se supõe que continuemos... mas se calhar é apenas a minha vontade e a minha visão.

Não estou a ser capaz de organizar o meu pensamento para deixar claro em palavras aquilo que sinto, mas vou tentar na mesma. Não me vejo como parte de um casal. Somo apenas dois seres que se amam é certo e que coabitam na mesma casa. Que eu entendia como dos dois, que cada vez mais entendia desta forma, mas que quando precisei... a única resposta que obtenho é "se precisares"... se calhar é egoismo da minha parte, se calhar sou eu que vejo mal as coisas, mas senti que podia fazer esta aposta na profissão, porque tinha o colo quando precisasse. Que se algo corresse mal ele estaria para me apoiar. Porque uma relação a dois, no ponto em que nos via era isso. Mas percebo agora que vi mal as coisas.

Neste momento choro comçulsivamente enquanto escrevo, e está também a ser uma luta para que não fique com o rimel todo espalhado na cara.

Hoje dói-me por duas razões, por estar a passar um dificuldade financeira, que nem é a que mais me preocupa pois, sei que dentro de 1 ou 2 meses se resolve. E sei que esta foi a aposta certa, que fiz bem em gastar este dinheiro. Esta parte passa em breve... eu sei. O que me dói foi o não apoio...

Não consigo, simplesmemente não consigo escrever agora. Chovem-me as críticas em vez do suporto. E quando me imaginava numa relação séria, a dois, imagina um apoio e suportes constantes. Percebo agora que essa não é a minha situação, e que mais facilmente tenho o apoio de outras pessoas do que daquela com quem decidi partilhar a vida. No fundo, acho que tenho mesmo é de ponderar esta decisão. Se faz sentido ter escolhido quem escolhi, se será o meu apoio que se tem demonstrado não ser, se deverei preocupar-me com outras coisas que quero.

Está na altura de fazer instrospecções na vida...

 

A quem rapidamente se disponibilizou, obrigada, é assim que me provam que confiam em mim, e que eu valho a pena, e que vale a pena apostar naquilo que eu gosto e quero. Como vos amo.

 

A ti, bem, simplesmente não somos a dois...

publicado por Ovelha Negra às 11:55
sinto-me: Triste

São dúvidas que surgem, que magoam, mas por vezes são em grande parte da nossa imaginação! Acalma o teu espírito conversando e confirmando que esse "se precisares" é mesmo um tanto me dá, ou se é um, "agora não vou pensar nisso como devia". E depois dessa resposta aí sim, faz essa introspecção!

Boa sorte!
anónimo a 11 de Fevereiro de 2010 às 23:20

obrigada. mas na verdade não sei se me apetece tanto pensar nisso agora. hoje estou verdadeiramente triste. e hoje chorei compulsivamente que nem criança (o que dificuktou manter a maquilhagem que agora insisto todas as manhãs em fazer). hoje pus e ponho em causa. Há diferenças óbvias no tipo de relação, que hoje me questiono se a quero... esperava mais, eu espero sempre mais!
quem és?
Ovelha Negra a 12 de Fevereiro de 2010 às 00:22

meu anjo...juro pela minha sáúde que nao recebi a tua sms!Mas já sabes que podes contar comnigo!beijo grande
Bruxinha a 11 de Fevereiro de 2010 às 23:30

Fevereiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12
13

14
15
17
20

22
26

28


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO