... o local onde grito sem medo, nem censuras...

23
Fev 10

Fico feliz por ti! A sério acredita, acho que sabes o que sinto, e que dizer que estou feliz não é ironia, não é sarcasmo, é verdade! Bem verdade!
Arriscar às vezes dói como tudo... às vezes nem sabemos bem se é o melhor, mas enfim, deixamo-nos embalar num sentimento que nos consola, que nos acarinha, que caramba... nos sabe tão bem!
Por isso é bom ponderar, pensar bem sobre todos os pesos da balança e decidir em consciência. Bem, na verdade esta é de facto a parte mais dificil, e mesmo quando o pensamos estar a fazer, de facto não estamos, estamos apenas a deixarmo-nos envolver na dança do amor. Esta melodia nunca em tempo algum andou de braço dado com a consciência (e que bom, racionalizar o amor haveria de ser catastrófico!).
É bom na verdade sentir o risco, pisar a linha das decisões e avançar. E apenas e só PORQUE SABE BEM! E ainda está para vir a pessoa que me convença que o verdadeiro significado da vida não é ela por si só, saber bem, ter aquele gostinho bom, maravilhoso, doce que só uma vida plena pode oferecer!
E se me chamarem utópica, irei rir-me bem alto, pois se não é para isso que cá estamos, então meus amigos dêem espaço a outros, pois a água está a acabar, se calhar somos demais!
Concordas? Concordas que viver é isto mesmo?
E as mágoas, bem do inicio nunca irás começar, é impossivel, pois senão não haveria pontos para pôr onde quer que fosse. Porás um ponto final num parágrafo, passarás à fase seguinte, iniciarás novo capitulo. Mas a história no fundo é a mesma. Epsisódios diferentes da mesma série! O dificil (e espero que o consigas, de verdade), é seguir com essas pequenas  dores que vamos relembrando. Que queremos apagar, não lembrar, e na grande maior parte do tempo, elas nem estão lá, são apenas uma lembrança longinqua... mas quando vêm... um pequeno comentário por vezes nem malicioso nem com ligação, por vezes um olhar, ou até mesmo uma situação, uma música, um cheiro... bem, deita por terra não o que sentimos, mas como nos sentimos.
Fizeste bem em arriscar, se olhaste para trás e percebeste que apesar disto tudo, e daquilo ainda menos agradável que está para vir vale a pena. Ainda bem. Não leias estas palavras como dúvidas, são apenas ponderações, não do passado, mas para o futuro!
Sabe bem viver não é? E adormecer num peito confortável, com um olhar ternurento a olhar para nós acompanhado por um sorriso doce, transmitindo um "como eu te amo"!
Goza, goza ao máximo, porque o hoje, e enquanto o hoje dura (e se bem sei dura todos os dias...) é o melhor que temos!
Ainda bem que os dias têm 24h!

publicado por Ovelha Negra às 09:18
sinto-me: calma

Obrigada! É assim a vida, sim.
É tudo uma aposta que poderá dar ou muito mal ou muito bem. fico a torcer pela segunda, mas o futuro dirá.
Isto de relações dão muitas voltas, e e que pondero sempre tudo ao milímetro por vezes esqueço-me do que realmente interessa, e neste caso o que interessa é o sentimento que ainda perdura.
Sou ingénua,mas apenas até certo ponto. Sei bem que não se apagam certos problemas,certos acontecimentos, mas comprometo-me (para mim mesma) a não estar constantemente a trazê-los ao de cima.Não sonho com flores no caminho, mas quero aproveitar. Vou aproveitar uma derradeira vez, pode ser que seja desta!
Beijo
maluca a 23 de Fevereiro de 2010 às 17:35

Fevereiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12
13

14
15
17
20

22
26

28


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO