... o local onde grito sem medo, nem censuras...

05
Dez 10

Alguém me ajuda?

Começo a achar que a minha decisão é MUITO óbvia...

 

Triste é como me sinto.

 

Não tivesse sido o jantar de Natal cá em casa super maravilhoso, e a minha sala estar linda com a árvore de Natal e sentia-me bem triste...

publicado por Ovelha Negra às 01:33

04
Dez 10

Disse ele.

Como facilita as coisas.

 

 

publicado por Ovelha Negra às 14:43
sinto-me: a decidir
tags:

Alguma vez referi como adoro o Natal?

ADORO por demais esta época!

Tenho andado super entretida nas minhas prendinhas de Natal, que este ano (também por falta de dinheiro) decidi ser eu a fazê-las! Mas estão a ficar tão bonitas, que confesso que seria capaz de as vender e fazer dinheiro!

Vou tirar umas fotos e pós Natal irei colocar aqui para poderem comprovar como ficaram bonitinhas!

E na verdade, sem dúvida que sai muito mais barato!

 

Hoje vou fazer a árvore de Natal. é um momento único esse, se bem que na verdade, acho que só quando tiver filhos se irá igualar ao momento em que fiz a primeira na Minha casa! Mas é sempre um momento muito doce.

 

Hoje tenho cá em casa um jantar de Natal da equipa de animação da Iª secção. Ou seja, implica que continue a arrumar a casa para receber as pessoas! Estou de fascina hoje!

 

Uma nota importante: doem-me todos os músculos do meu corpo!

publicado por Ovelha Negra às 10:48
sinto-me: natalicia

01
Dez 10

Um mês de outras decisões, a minha vida vai começar a mudar agora!

 

 

publicado por Ovelha Negra às 22:14
sinto-me: decidida
tags:

Sobre ontem posso dizer qiue estava nervosa, ansiosa, expectante.

Não sabia bem como iria ser. Ía ser estranho, e iria ser dificil uma conversa.

A única vez que tinha estado com ela tinha sido pouco agradável. Nesse dia não fomos incorrectas uma para a outra, mas foi sobre assuntos que magoavam ambas.

Ontem fez-nos sentido esse encontro. Apesar das trocas de mimos pouco agradáveis, sempre me achei muito parecida com ela. Sem conversas sobre o passado, sem algo que doesse de alguma forma.

O local parece-me a mim bem escolhido. Uma casa de chás agradável, longe de olhares.

Quando cheguei, tentei disfarçar  que as minhas mãos tremiam. Era estranho sem dúvida. Entrei no café a pensar como a cumprimentaria. Como estás E. pareceu-me suficiente. E sentei-me.

A partir dalia  conversa começou a surgir. Timida no inicio, era sobre chá, o café, o frio... bem, algo pouco palpável na verdade.

Percebi que o olhar fugia. Não estava a ser directa e aberta. Mas isso era por demais compreensível.

Respirei fundo várias vezes, disfarçadamente para anular aquele efeito "awkward" que se fazia sentir.

Senti a conversa entretanto a fluir. Confirmei tanto pelas reacções do que dizia, como pelo que ouvia que de facto somos muito parecidas. É clara para mim agora a relação. Temos feitios parecidos, e noutras circuntâncias, se tudo não tivesse corrido como correu, teriamos acabado por conviver (eu sei, ele é assim), e é verdade que nos teríamos dado muito bem!

Isso faz-me alguma pena, gosto de ter pessoas inteligentes, de boa conversa, e que ao mesmo tempo se conseguem rir.

Foi um belo momento, que me deu a sensação que teria sido possivel ser alargado por várias horas.

Sim, fez sentido, todo o sentido e foi por demais agradável.

Se se irá repetir, bem, não sei, mas eu gostei imenso do momento.

Deixou-me alguma pena novamente todo o processo que se passou. Poderia ter sido diferente. E poderia estar melhor...

 

Belo momento!

 

 

publicado por Ovelha Negra às 13:51
sinto-me: satisfeita
tags:

Dezembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

13
15
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO