... o local onde grito sem medo, nem censuras...

09
Jan 11

A minha mãe enviou-me um e-mail com algumas informações sobre o Sporting que me deliciaram! A minha mãe! Que nem liga, nem conhece nada de futebol! Apenas sabe que eu e o meu pai somos sportinguistas, e o meu irmão descarrilou e virou benfiquista.

 

Mas aqui ficam 2 razões:

 

1. O SPORTING é o único grande Clube nacional que não alterou o seu ano de fundação.

2. O SPORTING é o único Clube do Mundo que, neste momento, tem dois museus oficiais (Lisboa e Leiria).

3. O SPORTING possui o Jornal de clubes mais antigo do Mundo (o primeiro número foi publicado a 31 de Março de 1922).

4. O SPORTING detém o jogador mundial com melhor média de golos em jogos do Campeonato Nacional (Fernando Peyroteo com 1,68 golos/jogo).

5. O SPORTING cedeu o 1.º jogador português à Selecção da Europa: José Travassos em 1955 (vitória da Selecção da Europa à Inglaterra por 4-1, em Belfast).

6. O SPORTING é, actualmente, o único Clube mundial que formou dois FIFA World Player: Luis Figo (2001) e Cristiano Ronaldo (2008).

7. O SPORTING desde o início das competições europeias de clubes, só é ultrapassado em n.º de participações pelo Real Madrid (54) e Barcelona (53). Os Leões somam 51.

8. O SPORTING apontou o 1.º golo na Taça dos Clubes Campeões Europeus, em futebol: João Martins frente ao Partizan de Belgrado, a 4 de Setembro de 1955.

9.O SPORTING tem 22 taças europeias conquistadas, o Real Madrid 26 e o Barcelona 66. No entanto, somente os «leões» e o Barcelona venceram em quatro modalidades distintas.

10. O SPORTING ainda hoje detém recordes nos títulos europeus conquistados (excepto andebol):
» Atletismo: Único Clube europeu com vitórias em pista e cross: por 2 vezes sagrou-se hexacampeão em cross.
» Hóquei em patins: Maior goleada de sempre por 33-1 ao H. Gujan (França), nos quartos-de-final da Taça CERS, em 1983/1984.
» Futebol: Maior goleada de sempre por 16-1 ao Apoel Nicósia (Chipre), nos oitavos-de-final da Taça dos Vencedores das Taças, em 1963/1964.

11. O SPORTING é o 2.º Clube europeu com maior n.º de atletas olímpicos (109 até Pequim'08) a seguir ao Barcelona. No entanto, estes 109 atletas «leoninos» actuaram em 10 modalidades distintas e, os do Barcelona, apenas em seis.

12. O SPORTING é o único Clube nacional (e dificilmente haverá outro na Europa e no Mundo), que nos últimos 48 anos teve atletas em todos os Jogos Olímpicos realizados.

13. O SPORTING, desde que existe o Comité Olímpico Português, esteve em 24 dos 28 Jogos Olímpicos realizados (apenas ausente em 1920, 1934, 1936 e 1956).

14. O SPORTING é a equipa portuguesa com mais medalhas olímpicas conquistadas (8 no total: 3 de ouro, 4 de prata e 1 de bronze).

15. O SPORTING teve o 1.º atleta nacional a participar nos Jogos Olímpicos (António Stromp, em Estocolmo - 1912), bem como o 1.º atleta nacional a conquistar uma medalha de Ouro (e a ouvir o Hino Nacional): Carlos Lopes em Los Angeles - 1984 - , na difícil prova da maratona.

16. O SPORTING detém a maior goleada da história dos Campeonatos de Portugal (18-0 ao Torres Novas, em 1927/1928), dos Campeonatos Nacionais (14-0 ao Leça, em 1941/1942) e das Taças de Portugal (21-0 ao Mindelense, em 1970/1971).

17. O SPORTING detém o recorde de golos (por equipa) numa só época do Campeonato Nacional: 123 golos em 26 jornadas (época 1946/1947) com uma média fantástica de 4.7 golos por partida.

18. O SPORTING, segundo uma reportagem da BBC, está num patamar superior ao Ajax: "O clube holandês é considerado um clube de topo na formação. Um estatuto apenas igualado pelo Sporting. Os «leões» possuem, no entanto, uma Academia mais bem apetrechada".

19. O SPORTING é o Clube que mais jogadores cedeu à Selecção Nacional em fases finais do Campeonato do Mundo de futebol (24 no total vs 21 do Benfica e 18 do Porto).

20. O SPORTING assume a sua dimensão mundial quando olhamos para os 380 Núcleos, Filiais e Delegações espalhados pelos cinco continentes, sendo o único Clube nacional com esta presença universal e verdadeiramente global.

Ora toma lá!

 

 

publicado por Ovelha Negra às 14:06
sinto-me: orgulhosa
tags:

Nem bom-dia, nem olá, nem nada.

Limitamo-nos a usar o mesmo espaço, sem trocar quaisquer palavras, como se desconhecidos nos tratássemos. Acabamos por dormir juntos, mas sem sequer nos tocarmos numa pontinha do nosso corpo.

A discussão foi feia sim. E o resultado é este.

Neste momento, continuo a nem sequer querer falar. Quero-o longe.

Apesar de tudo, das diversas tentativas, conversas, etc, há coisas que simplesmente nos separam. E quando eu conto a alguém, numa tentativa vã de perceber se sou eu que estarei errada. Se sou eu que tenho uma visão deturpada, parece que não. E fico mais baralhada ainda.

Mais uma vez, e desta feita a cansar-me imenso, estou sem saber o que fazer!

 

 

publicado por Ovelha Negra às 12:59
sinto-me: confusa

Ora acabei de ler que são fraudulentas.

Que novidade!

 

Finalmente foram obrigados a comunicar que aquilo que dizem não tem base cientifica. Pois claro que não!

Recordo que no Verão, um amigo meu tinha uma, e garantia que funcionava, e eu teimava que era impossivel!

Perguntou-me se queria fazer o teste. Mas qual teste pensei, qual teste? Que raio de pulseira de plástico terá algum teste para fazer. Disse-lhe que não, e que se aceitasse, só o facto da minha psique se predispôr a isso provavelmente iria funcionar o que ele queria provar. Achou que eu é que estava enganada, e que até o pai dele tinha feito o tal teste e tinha ficado convencido (o pai dele é um senhor que não se convence por pouco).

Achei já nessa altura, absolutamente rídiculo!

 

E se já tinha algumas certezas, agora é a sede da empresa na Austrália que o assume.

Ah, pois é, equilíbrio o tanas!

Foi tudo mas é enganado! (mais aqueles que compraram nos chineses porque "era a mesma coisa")

 

 

publicado por Ovelha Negra às 12:54
sinto-me: fraudes

06
Jan 11

que hoje acoredei com uma sensação maravilhosa de felicidade!

Nem sei porquê, não aconteceu nada de especial, mas provavelmente o ter-me deitado cedo, adormecer no peitinho do doce (o meu peitinho) e poder acordar com beijinhos de manhã, deve ter ajudado.

Não consigo explicar, como hoje de manhã, enquanto tomava o pequeno-almoço, me sentia incrivelmente feliz!

 

Gosto! E que esta sensação se prolongue!

 

 

publicado por Ovelha Negra às 12:18
sinto-me:

02
Jan 11

... perdi a capacidade de falar contigo. Antes tudo fluia, era natural, adorava ouvir-te e adorava que me ouvisses.

Antes combinava ir contigo sozinha para o bairro. E íamos só as duas, de comboio a regressar à hora que fosse.

Antes fazia tudo sentido e ultimamente é tudo muito estranho.

Sabes que estou muito feliz por ti, por esse teu novo estado. Só fico triste por mim, porque sinto que pouco mais posso ter.

Se calhar é egoísmo meu, se calhar... mas não julgo sabes.

 

É incapacidade minha não conseguir falar contigo pessoalmente, é bem verdade. Mas na verdade, não sinto abertura tua para isso. Tens falado sempre com 7 pedras na mão. É verdade que nem sempre estamos de acorda, mas e então? Não te ponho em causa (acho eu), por isso porquê essa agressividade?

Sinto que te tenho apoiado, que tenho estado ao teu lado nas tuas decisões, mesmo quando as acho erradas. Não deixo de te dizer se concordo ou não com a tua opinião, mas seria tua amiga se não o fizesse?

Acho que sou tua amiga, porque não concordo sempre contigo!

 

Depois sinto (e acredita que não sei bem porquê) que tenho que te pedir desculpa pela passagem de ano.

Tenho que te dizer que tive imensa pena de não passar ao teu lado. Muita pena mesmo. E ainda por cima fazia todo o sentido, era em Lisboa, o sítio onde saímos as duas sozinhas vezes sem conta.

Tinhas outros planos, percebi desde o ínicio, que no fundo, essa noite era um projecto a dois. Quem se incluía era apenas pormenor. E disso, desculpa... mas não gostei.

E não gostei do programa. Ficar fechada numa casa pequena, sem um sítio onde se pudesse ir dar uma volta, a ver o final da Casa dos Segredos... não seria para mim. E a tua resposta foi que a meia-noite foi à meia-noite, não durante a noite. E isso ilucidou-me ainda mais. Não leves a mal, senti que já não eras a mesma. Ques estavas mesmo noutra fase, onde eu ainda não percebi se estou, ou como estou incluída.

 

Pensei também que provavelmente estão definitivamente a acabar as saídas e os cafés. Vais mudar de casa, não sei quando, não sei se já decidiste. Mas também não te perguntei, porque a tua agressividade ao falar tem sido demasiado dolorosa. Mas vais para longe, sem grande meio de transporte, pelo menos fácil. As pessoas crescem, ou pelo menos mudam os seus objectivos de vida ou as suas vontades. E eu acho muito bem. Eu esqueci-me de assistir a mudança progressiva e limitei-me a ver a parte radical.

Tenho pena, sim dói, sim tenho saudades.

 

Queria puder continuar a combinar coisas contigo, só contigo porque sim, porque tornaste-te no meu porto de abrigo.

Mas já não. Já nem estás igual.

Terei que relembrar os momentos passados. Com pena de se estar a aproximar uma altura em que íamos as duas sozinhas para Albufeira. Mas agora duvido que pudesses, que quisesses, que te lembrasses.

Não sei se me enerva o facto de ires morar para longe, se o facto de já estares muito longe.

E porquê toda esta reflexão nesta altura? Mesmo por causa da passagem de ano. Porque senti a tua falta, e percebi que és outra pessoa. Não digo que isso seja mau, nada disso. Só tens que ser quem queres ser, e sentires-te bem com quem és e com o que sentes. E é como amiga me custa. Porque tenho talvez uma opinião muito própria. Porque gosto de sentir os meus próximos de mim. e tu estás cada vez mais longe. Emocionalmente, de mim (eu falo por mim, eu sinto) e fisicamente porque vais para longe (perdoa-me este desabafo, mas se vivo com o N porque gosto dele, os meus amigos gosto de ter por muito perto).

Fica aqui muita coisa por dizer, mas na verdade, este texto não foi pensado de forma estruturado.

Foi-me saindo... assim como o sinto.

O resto, com algum receio que possas ler, prefiro não escrever.

publicado por Ovelha Negra às 19:20

O primeiro dia do ano foi perfeito!

 

Levantar foi difícil, mas com alguma coragem (e muita estupidez!) segui eu e o N para Carcavelos.

Decididos ao primeiro banho do ano.

Ele não acreditava que eu fosse capaz, mas na verdade, essa era uma tarefa para este dia.

Com um inspirar fundo, e correr para o mar!

Perfeito!

Tudo isto no embalo de um grande som que me teria seriamente irritado se não me estivesse a banhar no mar!

publicado por Ovelha Negra às 19:17

Tenho a dizer que saí de casa às 19h e cheguei às 8h30.

Jantei muito bem num restaurante absolutamento cheio só com a nossa malta e fartei-me de beber sangria durante o jantar que estava absolutamente deliciosa!

Saí do restaurante com um copo de licor Beirão na mão e desci a Avenida da Liberdade em direcção ao Terreiro do Paço para assistir ao fogo de artificio.

Devo dizer que foi fenomenal!

Agarrei-me aquela que seria a minha companhia o resto da noite (vodka preta, sangria e red bull) e a partir daí ouvi Xutos, segui para Alcântara, e outros pormenores vou guardar para mim.

 

Tive um sorriso na cara toda a noite!

publicado por Ovelha Negra às 19:14

 É bem verdade que pouco antes do fim-de-ano fiz reflexões sobre a minha vida.

Nunca o faço.

Na verdade o ano acaba e continua-se. Este ano foi diferente. Achei que tinha que pensar bem sobre a vida, sobre o ano que findava e delinear objectivos para o novo ano que aí chegava. Cheguei a algumas conclusões.

Uma delas (e na verdade sem me deixar infeliz), o ano que passou foi mais-ou-menos. Sem grande coisa de especial.

Tentei pensar na minha profissão, no meu relacionamento, amigos, familia... e continuo a achar, foi assim tudo muito mais-ou-menos.

Não quero com isto dizer que o ano foi mau, nada disso, mas não aconteceu nada de estrondoso.

Na verdade:

  • Mantive o meu trabalho, que apesar de instável, obtive uma avaliação excelente no fim do contrato;
  • Passei grandes férias com amigas, reforçando as amizades;
  • Fui à Madeira com o N;
  • A minha melhor amiga está grávida;
  • O meu anjo apaixonou-se e nota-se que está feliz e ainda ficou efectiva;
  • O N mudou de trabalho e nota-se que está absolutamento satisfeito com o que faz;
  • A S foi para Londres, sendo mais uma a quebrar uma corrente (que convenhamos que ainda me faz muita falta).

E sem me lembrar de mais nada, concluo que a grande parte das coisas que me deixaram satisfeitas (ou não), não ocorreram directamente comigo!

 

Daí ter sido mais ou menos!

Mas acabei o ano muito feliz, satisfeita do que sou e do que tenho conseguido para mim.

publicado por Ovelha Negra às 19:06

  • arranjar um trabalho melhor ou mais um em psicologia para ganhar mais;
  • aprender a falar melhor inglês;
  • voltar a Amesterdão;
  • fazer novo interrail;
  • ia a Itália;
  • apresentar os meus pais aos pais no N;
  • ler pelo menos um livro de 2 em 2 meses;
  • deixar de fumar;
  • perder peso e mais importante, mantê-lo;
  • ir pelo menos uma vez por mês para uma esplanada ou casa de chás reflectir e ler um livro;
  • fazer nudismo pelo menos uma vez;
  • tirar-me de preconceitos e pedir ao N para me tirar umas fotos sexys;
  • ir uma vez por mês à praia dar um mergulho;
  • conseguir fazer uma corrida de 10 km sem parar;
  • passar a próxmia passagem de ano no estrangeiro (escolher a cidade).
Estas foram apenas algumas das conclusões e decisões para o próximo ano, após um dia de reflexão!
publicado por Ovelha Negra às 16:07

Tudo de bom!!!

publicado por Ovelha Negra às 16:07

Janeiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
12
13
15

16
17
22

23
24
25
27
28
29

30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO