... o local onde grito sem medo, nem censuras...

09
Mar 10

... que eu certamente aprovo a sua comemoração!

Venho com um dia de atraso é certo, mas por vezes é bastante dificil acertar a escrita com os dias certos.

 

Eu acho muito bem que exista um dia da mulher, e pena é não ser feriado, já que os há por tanta coisa!

Sou contra o marketing que se faz em volta destes dias, mas há que os valorizar, e ser mulher é um previlégio.

Se calhar agora entra a parte da psicologia e neurologia a funcionar, e sei bem que somos seres absolutamente diferentes dos homens, que o nosso cérebro e as nossa forma de estar é sem dúvida especial.

Sim, é a personalidade que nos define, e não há "passareca" nenhuma que nos valha, quando não somos seres integros, mas há uma maior facilidade em o sermos quando somos mulheres.

Costuma-se dizer que trabalhar com mulheres é tramado (para não utilzar a palavra que começa por F), e na verdade é dificil porque as mulheres são mais sensiveis, mais entregues às causas, mais justas para consigo e com os outros. E isto não é invenção, é uma pura realidade que o nosso cérebro consegue provar. O nosso cérebro está mais desenvolvido para as emoções. E as emoções é no fundo aquilo que nos difere fortemente do género masculino.

Não, nos acho nem melhores nem piores que eles, somos simplesmente diferentes, e na verdade essa diferença ainda não respeitada e levada em consideração.

Continuamos a dirigirmo-nos para tarefas domésticas mais que os homens, continuam a negar-nos altos cargos na carreira, os ordenados continuam a ser inferiores para as mulheres nas mesmas condições de trabalho, etc.

Por muito que achemos que temos igualdade, na verdade ainda não a temos!

Há muito menos mulheres na chefia, e será por menor capacidade? Não, os amigos neurologistas já provaram capacidades iguais em liderança. Temos menos organização espacial (por isso somos piores condutoras e perdemo-nos mais), temos uma área verbal muito mais desenvolvida (daí sermos umas tagarelas), e temos um corpo caloso muito mais sensivel. É certo, considero a mulher o mais perto que se quer do ser humano.

Uma mulher não tem que ser treinada a cuidar... um homem sim!

Mas tudo isto é simples, os cérebros são diferentes na sua formação e constituição (as hormanas que nos afectam durante a gravidez têm mesmo muita influência!).

Por isso ainda bem que há uns largos anos, as mulheres se recusaram a que o ser humano fosse como os animais e insurgiram-se contra a força dos homens, e entenda-se força fisica, porque foi isso que de certa forma nos deixou ir seguindo sempre um passo atrás deles!

 

Como vêem, não é só o corpo que é diferente, também o cérebro, e como todos sabemos, é este que nos dá as ordens para agir!

 

Por isto tudo, ainda bem que sou mulher e ainda bem que há este dia!

E para o ano, cá receberei mais gajas, para um jantar essencialmente feminino!

Porque nós merecemos!

publicado por Ovelha Negra às 13:24

Março 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
12
13

14
15
16
17
18
19


31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO