... o local onde grito sem medo, nem censuras...

05
Mai 11

... de já terem passado quase 3 meses desde o pedido, ainda páro no tempo a olhar para o meu anel!

O bom gosto, a escolha perfeita que sem me consultar conseguiu fazer.

E agora que finalmente nos dedicamos quase em exclusivo a tratar do casamento, agora que as coisas começam a ganhar forma, ponho-me a imaginar como será o dia.

Principalmente a entrada na igreja, a altura que o verei.

Sinto-me uma priviligiada em estar ao lado dele. Quem bem o conhece já me disse diversas vezes que fui eu que o mudei. E realmente também eu me ponho a pensar nisso por vezes.

Conheço (e já conhecia) bem o N. bom vivã. E assim, de uma vida playboy assenta numa relação séria, e mais, pede-me em casamento ajoalhando-se aos meus pés!

Uma amiga dele ainda diz que só acredita quando tiver o convite na mão, pois é impossível o N. casar-se!

Sim, efectivamente eu sou diferente. E daí ter valido a pena a aposta dele, o risco corrido. Daí os receios da rejeição.

 

Este sentimento faz-me bem, sabe bem.

É bom sentir que o nosso amor por alguém tornou-o naquilo de bom que ninguém esperava dele!

publicado por Ovelha Negra às 19:25

Maio 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
17
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO