... o local onde grito sem medo, nem censuras...

24
Mar 10

Juro, estou mesmo!

Cansada a dar com um pau camandro!

Definitivamente a precisar de férias.

Estão para breve é o que vale.

E aproxima-se um fim-de-semana algarvio de gajas! Ai, ai, ai, que lá vem a desgraça! Mas estamos as três a precisar tanto!...

Vou córtir ao máximo! Apanhar uma (ou várias) bela de uma bebedeira, fumar algumas cenas (bem) ilicitas e curtir os dias de descando!

Eu quero é sol e praia, música e dança! Quero tudo a que tenho direito!

Decidida a mudar o rumo da minha vida, e há que começar por algum lado!

 

Entretanto na minha vida amorosa, a coisa anda aos avessos, Parece-me cá a mim, que o que se faz como casal nesta relação é o passar a ferro. Que por sinal calha a mim, por isso se calhar não é bem de casal. Enfim, obrigações domésticas numa relação que a fingir que é a sério. Porque a sério, não pode ser nada na verdade, pois existem os "e se"!

Já nem quero saber, vou deixar-me ir com a maré, ir vivendo o momento como vezes sem conta me repetiram, e entretanto ir tomando decisões que nem me interessa muito se agradam ou não.

Não sou o centro do mundo (vida) dos outros, mas sou sem dúvida o centro do meu ser, convém que tenho alguns previlégios de mim mesma, pelo menos!

 

Isto do amor e uma cabana é uma grandessíssima de uma treta! Eu quero é um casarão, montes de empregados e a mesma reacção quimica no cérebro! Sim, que não passa disso! Qual escolhemos a pessoa para a vida e blá, blá, blá...

Nem damos conta que esta cena do amor, é apenas acção-reacção do nosso cérebro (as coisas que tenho aprendido com a neuropsicologia)!

 

Enfim, como dizem os pacotes de açucar do café Nicola: "um dia..."... um dia cago é bem d'alto para esta gaita toda e vou ser feliz para bem longe daqui!

Não abras a pestana não, que deves pensar que vou ficar sentadinha à espera que te mostres! Depois bem podes chorar agarrado a mim, num desespero de te quero, te amo!

 

 

 

Amanhã tenho consulta de ginecologia. Bem, esta é na verdade a minha médica. Cá me orienta diferentes exames à minha boa saúde. Não estava à espera de ter consulta tão depressa... isto continua a exigir da minha parte uma certa preparação psicológica. O meu aparelho reprodutor já me traumatizou o suficiente para a vida, por isso sempre que o tenho que pôr à prova, inicia-se um nervoso miudinho...

Assumi (mas porque raio continuo a fazer isto?), que ele estaria a meu lado, porque sabe o suficiente o que me doem estes momentos. Queria simplesmente que fizesse questão de me dar o seu ombro quando saisse do consultório... mas mais uma vez, outras prioridades de "alevantam"! se fosse o benfica a jogar, nem que saisse pela janela, mas é apenas a consulta da je...

Nem quero falar mais nisto, vou para as minhas lides domésticas, enquanto me preparo amanhã para uma consulta, que na verdade ainda nem sei bem como pagar...

 

 

 

Sexta-feira é dia de ordenado na conta!

Será que é desta que estabilizo?

publicado por Ovelha Negra às 22:57
sinto-me: ansiosa

Janeiro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

posts recentes

Estou de rastos!

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO